A minha vida passou de cinza escuro a branco e rosa - Aconteceu na minha VIDA
loading...

A minha vida passou de cinza escuro a branco e rosa

Desanimados, desencantados, enfadados, de semblante carregado, assim vimos o nosso povo e, nos meios urbanos, essencialmente à hora de ponta, numa correria intensa, esperando autocarros e outros transportes públicos. Sei que têm toda a razão do mundo. Salários baixos, chegar tarde a casa para ainda preparar refeições para a família, tratar dos filhos, ajudá-los nos trabalhos escolares e… diga-se a verdade sem paciência para lhes dar um pouco de atenção, que tanto necessitam.
 
Foto: Emotiva Memória
Um pequeno conselho: façam das tristezas força, pensem que é só uma fase da vida, tentem aliviar, ponham um sorriso no rosto e como dizia o grande Mahatma Ghandi “ nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória, é o desejo de vencer”.

Não pensem nos problemas, são apenas assuntos a resolver. Dêem uma oportunidade á vida, riam ou sorriam, pois os vossos filhos irão agradecer, não há quem melhor se aperceba do estado emocional dos pais do que os nossos pequenotes, que como sói dizer-se “não pediram para nascer”. E não deixemos que se apercebam do ar cinzento-escuro dos seus progenitores.

Quantas vezes não perguntam: Estás triste mãe? Enquanto confeccionam o jantar, mesmo sem vontade nenhuma, cantem, faz bem e rejuvenesce.

E quando estão mais em baixo, pensem que “amanhã é o dia seguinte” e será quem sabe melhor.

Dirão talvez: a vida desta senhora foi um mar de rosas!

Olhem que não! Foram muitos altos e baixos, como a maior parte dos cidadãos deste país. Mas uma coisa é certa: tentei sempre nunca deixar transparecer (ainda hoje) aos meus cinco filhos os momentos menos bons da minha vida.

Não dou esse prazer a quem quer que seja. Vejam os nossos governantes, sempre que aparecem nos canais televisivos, com as suas palestras, a tentar enganar-nos, sempre com um sorriso nos lábios, com grande optimismo e com conversa fiada dizendo que o país está a melhorar.

Têm razão: Vejam a educação (tudo a correr na perfeição: professores todos colocados, alunos com aulas). Vejam igualmente a justiça, a economia, enfim tudo. São os relatores felizes do que de bom se passa em Portugal.

Mas vamos ao que interessa. Que tal passarmos de cinza escuro a branco e rosa? Vai ver que se levanta com muito mais optimismo e bom humor.

E quando chegar ao local de trabalho, não se esqueça de um pequeno elogio a qualquer colega (mesmo ao que menos simpatize) Como: Esse colar é muito bonito ou a cor da tua camisola fica-te mesmo bem.

Ou diga o que eu costumava dizer muitas vezes quando chegava “meninas haja alegria no trabalho, pois é para isso que nos pagam os chorudos vencimentos”. Algumas decerto ainda se devem lembrar.

Escrito por Maria Cruz
Comente no Facebook

1 comentários: