Pub

Aconteceu em Madrid, e quero repetir

Desta vez damos a palavra a Monalisa Rigo, que viveu 6 anos na capital espanhola, pela qual morreu de amores. Agora, há 6 meses longe, já morre de saudades.

Foto: Nomadesdigitais.com
1. O céu

Soa piegas, mas é o céu mais bonito que já esteve sobre a minha cabeça. Seja no verão, primavera, outono ou inverno (arrisco que no inverno é quando está mais bonito), a paleta de cores dos pores-de-sol e a alegria que inspira o céu quase sempre aberto são muito motivadoras. Não é à toa que a primeira versão de Vanilla Sky foi filmada em Madrid: é céu de baunilha que não acaba mais!

2. Ir de cañas

Ir de cañas é o esporte predileto do madrilenho (para quem não sabe o que é, recomedamos ler esse artigo, mas resumidamente é o fato de ir de bar em bar tomando chopp). Além disso, requer pouco e pode começar numa sexta às 16h e terminar no sábado às 3h da manhã, sem mulher esperando com a vassoura ou mãe brava ligando no celular: as cañas são tão sagradas que todo mundo respeita!

3. O momento matutino da tortilla

Tortilla española é uma delícia (não sabe o que é? Clica aqui!), mas o que me surpreendeu no começo, foi o fato de mandar ver numa tortilla às 11:00 da manhã. É normal! Bateu uma fome louca na hora do trabalho, desça no primeiro bar (esse deveria ser outro ponto: todos os bares tem comida de altíssima qualidade, porque o espanhol não aceita comer mal!) e peça a sua.

4. Ah… a primavera

O inverno de Madri é bem rigoroso. Quando ele começa a se esconder outra vez e dá espaço para as pernocas de fora da mulherada (se eu fosse homem, esse seria outro ponto), o bom tempo dá alegria às rua. Os restaurantes abrem os terraços e as pessoas estão felizes e expansivas.
5. O transporte público

A maioria dos madrilenhos reclama do metrô. Mal sabem eles que têm a maior malha de transporte ferroviário do mundo, perdendo apenas para cidades como, Nova York ou Tóquio.

É possível chegar de metrô em qualquer lugar. E para os que estão mais tempo na cidade, o ônibus é outra maravilha: até wi-fi grátis tem!

6. As cópias da Zara e as Zaras copiadas

Em Madri, a maioria das pessoas se vestem bem. Normal, com uma Zara a cada esquina (atenção para outras marcas mais baratas do mesmo grupo). Além disso, acredite, é onde vai encontrar os preços mais em conta e as novidades mais quentinhas. Amancio Ortega, dono do grupo Inditex, marca por trás da Zara, é o homem mais rico da Espanha e o cara que faz mulheres felizes por relativamente pouco. Esse é o segredo do seu harém.

7. Ser feliz com pouco

Ainda relacionado ao último item. Vamos descrever um dia na rua: você acorda, pega seu ônibus ou metrô (1,50€), atravessa a cidade, vai para o trabalho ou vai estudar, pede um pincho de tortilla (2€), passeia pelo parque (grátis), vai ao museu (dependendo do dia, grátis), encontra amigos e toma uma caña (1,50€) e volta para casa. Sem contar, os seus gastos fixos, em geral o madrilenho não precisa de dinheiro para se divertir.

8. O fenômeno da multiplicação da comida

Não se sabe ao certo o que é verdade ou o que é lenda urbana, mas realmente as tapas chegaram para “tampar” o estômago e evitar que o álcool suba rápido na cabeça.
Não há maior sensação de hospitalidade, que pedir uma cerveja e ganhar umas azeitonas ou amendoim simplesmente por haver escolhido aquele bar. Sim, gente, em Madri, a maioria dos bares coloca aperitivos free quando você pede uma taça de vinho ou cerveja. Comprove!

9. Não ter medo de andar na rua

Não tenha. Nunca ouvi falar de um assalto, nem de ninguém portando armas na rua, nem de nada que te faça ter medo depois do entardecer. Ao contrário! À noite, bares e restaurantes estão bem cheios, há ônibus noturnos e até os bêbados podem chamar uma associação que ajuda eles a chegarem em casa sãos e salvos.

10. Não ser o único a sentir saudades

Muita gente que conhece Madri, passou férias por lá ou morou, morre de saudades e quer voltar. O madrilenho tem um leve jeito prepotente, mas é fachada. eles se derretem todo quando elogiam sua cidade, por isso sempre dizem que é o melhor lugar do mundo. De Madrid al Cielo!


Pub


alegre (13) amor (163) Casamento (6) confições (197) destaque (180) divórcio (17) drama (12) elas (40) Ele (29) eles (38) familia (82) filhos (30) História (27) Mulher (18) Pedrógão Grande (6) Portugal (11) Relação (5) Repórter de memórias (3) Traição (10) triste (11) Viagem (10) viagens (41) vida (61)