Pub

Uma História de Amor invulgar

A pequena história que vou aqui transcrever, trata-se de uma realidade que me aconteceu. Conheci um excelente casal. Depois da morte de Carlos Ramos, actor, e de ter dado os meus pêsames, aos amigos e familiares dele, bem como ao irmão, Luís Ramos, também ele actor, respondeu-me uma rapariga de nome Carmo.
Foto: Rogério Rosa
Fui conhecê-la. Ela era amiga do Carlos e tinha outro elo comum, ter sido amiga de Jorge Marin, coreógrafo/bailarino.
 
Fiquei impressionado com a vida dela e de sua companheira a Carla. Nunca tinha presenciado tanta miséria junta, mas havia algo de bom, o amor, e os afectos que as uniam. Um amor incondicional, único e verdadeiro. Pouca gente as compreendia.

Visitei-as, ajudei, como Técnico de Emergência Social e além do que fiz, também, lhes devolvi a vontade de viverem. Á Carla, entretanto, foi-lhe diagnosticado um cancro. As lágrimas, o sofrimento, e lá estava a Carmo, ao seu lado, mesmo quando alguém, lhe disse que a deixasse, e que ela, a Carla, fosse para casa da mãe. Um choque, uma vontade de lutar e finalmente, o afecto e o amor.
 
A Carmo, com os seus problemas de arranjar emprego, e de andar de canadianas devido a um acidente de viação, e agora, a Carla doente e sem quaisquer prestações sociais, iam ver-se gregas para sobreviverem. Tudo estava posto em causa, até a casa, que teriam de deixar. Mas, a união, o amor e o companheirismo, esse era inabalável.
 
Hoje, estão bem, comparando com o passado, e a Carla, está curada e a Carmo, trabalha. Isto são exemplos vivos de como é possível, amar, pensar, lutar lado a lado e sobreviver a todos e a tudo. Felicidades e que esta história, sirva de exemplo!
 
Repórter de Memórias
Por: Rogério Rosa 

Pub


alegre (13) amor (163) Casamento (6) confições (197) destaque (180) divórcio (17) drama (12) elas (40) Ele (29) eles (38) familia (82) filhos (30) História (27) Mulher (18) Pedrógão Grande (6) Portugal (11) Relação (5) Repórter de memórias (3) Traição (10) triste (11) Viagem (10) viagens (41) vida (61)