Pub

CAPITULO 1 - Um mês na Tailândia quando era suposto ser uma semana

Eis a história que vivi durante um mês na Tailândia. Uma passagem de vida engraçada, cheia de aventuras e experiências. Era novo, muito novo e a aventura reinava.

Corria o ano de 1996, com os meus 20 anos bem frescos, com um emprego no Aeroporto Internacional de Macau e com uma namorada tailandesa....bem, é óbvio o que esta mistura podia dar....e deu mesmo. Deu numa viagem meio maluca e um tanto ou pouco perigosa...hahahah, estou a brincar.

As razões pelas quais fui nessa altura não as posso contar aqui, mas posso contar a partir da entrada no avião da Thai Airways em Hong Kong.

Nunca tinha viajado sozinho para um país asiático, apesar de estar em Macau 6 anos. Viajava sempre com os meus pais. Na altura tinha uma namorada tailandesa e aproveitei a situação para conhecer o País dela. Era suposto ir por uma semana, mas a aventura e a libertinagem quiseram que ficasse um mês.

Estava empregado no Aeroporto de Macau quando surgiu a ideia de viajar para a Tailândia. Nessa altura morava com os meus pais e nem pensei duas vezes em concretizar essa ideia. Quem não gostou muito foram os meus pais, pois estava a trabalhar no Aeroporto á uns 3 meses e não podia tirar férias.

Pois, esse, não foi o problema, despedi-me, fui a casa dos meus pais e disse que ia uma semana de férias para a Tailândia. Sim, só tinha dinheiro para uma semana. Como era de esperar os meus pais não gostaram, mas lá tiveram que aceitar.

Viajem comprada, malas feitas e Sérgio a caminho com a sua amiga colorida.

Chegamos a Bangkok e mal sai do avião, entre as gretas das mangas e o avião o ar foi assustador. Eram 11 horas da noite, o calor e os cheiros invadiram o meu cérebro. Coisa inexplicável mesmo, só senti isso em Luanda.

Apanhamos um táxi para o centro da cidade e alugamos um hotel. Bem, hotel que mais parecia pensão. Sem ar condicionado, não muito limpo e o mais admirável de tudo foi um wc com uma banheiro que nunca tinha visto. LOL.....nunca mesmo. Mais parecia um buraco com uns 50cm de cada lado e com um metro de altura....já viram isto em algum lado?

Tudo isto foi escolhido pela minha amiga colorida, pois como era a sua terra, nunca questionei nada, muito pelo contrário, achei tudo muito aventureiro e alinhava em tudo, lool, quase tudo.

Nessa noite não saímos, descansamos. Na manhã seguinte foi o começo de uma visita pela cidade. Senti-me super seguro em todo o lado, visitamos o mercado flutuante, comi nas "tascas" mais baratas e simples de Bangkok e conheci ruas completamente malucas como a conhecida Khaosan Road...Viram o filme a Praia? Pois é esta mesmo. Foi aqui que comi pela primeira vez gafanhoto e escorpião frito....uma delicia.

Não estranhem, é mesmo bom....

Foto: Lugares Fantásticos

Foto: Esse Mundo é Nosso

Foto: Esse Mundo é Nosso
Não tenho fotos dessa altura, mas indicarei aqui algumas imagens ilustrativas de outros sites para terem uma noção.

Visitei também alguns templos, e tive de os visitar mesmo, pois quem vinha comigo tinha de cumprir com todas as regras religiosas e em certa parte eu também....lol. 
 
Foto: Esse Mundo é Nosso

Do lado oposto do rio Chao Phraya fica Wat Arun, outro grande complexo de templos também conhecido como Templo do Amanhecer. O interessante é que os templos ali são cobertos com pedacinhos de porcelana chinesa que formam lindos mosaicos. Do alto é possível ter uma vista panorâmica de Bangkok. Só estejam preparados para enfrentar as escadas sob o sol escaldante.

Dois dias completamente malucos, em que quase não dormia. A noite dos go-go-show em Patpong eram demais.....só visto mesmo. Os bares, discos....não dava para parar...Viram a Ressaca certo, pois, foi o que me aconteceu, mas cuidado não fiz tatuagem na cara em levei no.....

Foto: Pangcouver

Fiquei dois dias pela cidade e tive de rumar até Pattaya, uma zona costeira, muito perto de Bangkok e cheia de turismo. Só para terem uma noção, a maior parte de bares e restaurantes que conheci têm como donos estrangeiros, na sua maioria alemães, holandeses e ingleses. Eu chamei a este lugar, Nice ou Marbella da Ásia. Para não esquecer, a noite reina neste lugar.....que não pára 24 sobre 24 horas.

Foi aqui que aluguei um apartamento e sozinho. Pois, fiquei aqui durante 2 semanas. Dinheiro, esse foi o problema, lool, mas resolvi. Deixo para o Capitulo 2...

Escrito por: Sérgio Lemos Figueiredo

Pub


alegre (13) amor (163) Casamento (6) confições (197) destaque (180) divórcio (17) drama (12) elas (40) Ele (29) eles (38) familia (82) filhos (30) História (27) Mulher (18) Pedrógão Grande (6) Portugal (11) Relação (5) Repórter de memórias (3) Traição (10) triste (11) Viagem (10) viagens (41) vida (61)