Pub

Eu gosto de mim mesmo e não preciso agradar a todos

Existem conceitos pré-definidos que ainda resistem no tempo. Podem não concordar mas este para mim é um. É a base daquilo que penso. Posso até ser egoísta, e sou, mas como não vim a este mundo para agradar aos outros....
 
Deixo-vos aqui este excelente e esclarecedor texto.
 
"O meu modo de ser é autêntico e não preciso fingir ser o que não sou para que os outros gostem de mim. Há um tempo que pratico o valor da dignidade pessoal, não sou escravo de ninguém, e não preciso agradar a todos para ser feliz.

É fundamental chegar a essa conclusão o mais rápido possível no nosso ciclo da vida. É um aspecto que todo adolescente deveria assumir, e que toda pessoa deveria praticar para alcançar um equilíbrio interior adequado e o bem-estar emocional.
Foto: A mente é maravilhosa

Eu não sou como você espera que eu seja, eu sou feito pelo que me define, pela minha forma de ser, pela minha forma de fazer você feliz. Vamos construir um mundo em que nem você nem eu nos obriguemos a deixar de ser eu ou você.

Sabemos que nem sempre é fácil agir desse modo. Dentro de nós, temos a sensação de que se alguém não gosta de nós seremos rejeitados pelo mundo. A vida, no entanto, não se constrói a partir da necessidade de todos gostarem de todos: basta que saibamos respeitar.

As pessoas sentem a necessidade de gostar da família do seu cônjuge, de se dar bem com os seus amigos, de ter afinidade com todos os companheiros de trabalho e as pessoas que fazem parte dos nossos círculos sociais. Mas o principal facto que toda pessoa deveria saber é que é impossível agradar a todos. Cada pessoa é única, todos têm sua própria forma de ser, de ver o mundo e de viver a vida.

Se você não gosta de mim, tudo bem, mas aceite-me e respeite-me. O mais provável é que exista algum aspecto de mim que possa nos unir, o mais provável é que, apesar das nossas diferenças, possamos trazer algo um para o outro. E se isso não ocorrer, também não há nenhum problema. O essencial é só que nos aceitemos como somos: o amor próprio é uma relação que deve durar a vida inteira.

Fonte: A Mente é Maravilhosa"

Pub