Pub

UBER - Fiz de babysitter, adorei

Numa das viagens que tive esta semana, fui buscar uma senhora que trazia duas crianças. Uma na alcofa e outra mais crescida.

O mais pequenino estava muito doente e a senhora pediu-me para procurar uma farmácia aberta.
Foto: Sérgio Lemos Figueiredo
Depois de algum tempo de procura, lá a encontramos. A senhora pediu-me se podia deixar por uns momentos o mais pequenino no carro pois estava muito frio para o levar. Disse que sim e que ficaria atento.

Passados uns minutos o pequenito começou a chorar. Tive de sair e passar para o lugar traseiro para ver se o conseguia acalmar.

Tenho 8 sobrinhos, vivo com a minha irmã que têm dois pequenos e sei o que é uma criança doente, ainda por cima bebé.

Lá meti conversa com o pequeno, brinquei com ele e lá vieram uns sorrisos...

Senti-me bem, e aposto que ele também.

A senhora voltou e expliquei-lhe o sucedido. Ela agradeceu imenso.

Quando chegamos ao destino, a senhora voltou a agradecer imenso deixou um sorriso. O que queremos mais.

Escrito por Sérgio Lemos Figueiredo



Pub