Pub

Reação de mães frente à perda de um filho

Achei este estudo, muito interessante. O sentimento de perda é algo muito forte.

O objetivo das pesquisadoras foi investigar a reação das mães frente à perda de um filho em idade anterior à fase reprodutiva, visando aos objetivos a seguir: pesquisar a circunstância da perda e o processo de despedida, avaliar as estratégias de enfrentamento da mãe frente à perda, investigar o funcionamento familiar após a perda do filho, estudar as expectativas depositadas no filho, pesquisar o possível aparecimento de sintomas após a perda, e os recursos procurados pelas mães após essa perda.
 
Revista: Pais & Filhos
A pesquisa realizou-se por meio de entrevista semi-estruturada com as mães que perderam seus filhos e foram gravadas, transcritas e submetidas à análise de conteúdo. Após a análise, foram criadas sete categorias, sendo seis à priori e uma à posteriori, caracterizando, assim, uma análise mista.
 
As mães relataram esse acontecimento inexplicável e doloroso demais de ser traduzido. Pôde-se observar a seqüência de factores que mudou suas vidas e a vida de suas famílias após a perda desse filho.
 
Os sentimentos dessas mães são intensos, muito presentes no seu cotidiano, são marcas que, dificilmente, o tempo conseguirá apagar.
 
Os dados levantados conduzem à reflexão da importância do trabalho do psicólogo diante da situação de enfrentamento de luto, pois esse é um tipo de luto diferente dos demais, porque é a própria finitude, um rompimento de futuro em que estavam depositados sonhos, desejos e expectativas de muitas realizações que ainda estavam por acontecer.

Fonte: Rede PSI

Pub