Pub

Livro é devolvido a biblioteca 49 anos depois com um honesto bilhete de desculpas

Em uma era distante, antes de existir a internet, os PDF’s e e-books, os downloads e os torrents, pegar livros em bibliotecas era prática habitual e necessária, para se estudar ou se aprofundar em devida obra. E caso você atrasasse a devolução do livro, uma pequena multa diária se acumulava ao longo do período de atraso.


 

Foi o que aconteceu com James Phillips, que pegou na biblioteca da universidade de Dayton, onde estudava, o livro A História das Cruzadas. A cobrança por cada dia de atraso era de dois centavos de dólar. O agravante, contudo, é que James pegou o livro em 1967. Ele demorou 49 anos para devolvê-lo.

Encontrado dentro de sua caixa de memorabílias do tempo de estudante, o livro foi devolvido junto com um bilhete sucinto e honesto, ainda um tanto que cara de pau, que dizia:

Por favor, aceitem minhas desculpas pela ausência do livro A História das Cruzadas, aqui anexado. Eu aparentemente o peguei quando era calouro, e de alguma forma o perdi por todos esses anos.

Caso fosse cobrada, a multa chegaria já a 350 dólares. Ironicamente, a universidade não tinha a menor ideia de que o livro havia desaparecido, e a alegria de tê-lo de volta, e o inusitado do ocorrido foram suficientes para a taxa pelo “atraso” na devolução não ser cobrada.

A maioria das cruzadas isoladas que o livro alugado por James reúne duraram muito menos tempo do que esse atraso. A pergunta que resiste e não quer calar, portanto, é: será que James ao menos leu o livro até o fim?

Fonte e foto: Hypeness

Pub