Pub

Injectei bactérias com 35 milhões de anos no meu corpo

Uma atriz decidiu arriscar a sua vida pela tão sonhada “juventude eterna” injetando-se com doses de uma bactéria de 3,5 milhões de anos descoberta na Sibéria.
 
A jovem de 45 anos de Munique, na Alemanha, conhecida pelo apelido Manoush, bombeou um extrato de Bacillus F em sua corrente sanguínea nos últimos três meses e diz que isso a fez parecer e sentir-se de fato mais jovem.
 

A bactéria antiga foi descoberta no pergelissolo ao noroeste da Rússia por cientistas em 2009 e alguns aclamaram a descoberta como uma “sensação científica”. A equipe decodificou seu código de DNA em 2015, dizendo que, ao contrário da maioria das células na natureza, o Bacillus F não mostra sinais de envelhecimento e pode conter a chave para destravar a saúde humana e a longevidade.
 
As amostras contendo extratos das bactérias foram administradas a Manoush pelo médico Anatoli Brouchkov, chefe do Departamento de Geocriologia da Universidade Estadual de Moscou.
 
Manoush já gastou 41,700 euros, em cirurgias plásticas nos últimos 20 anos e ofereceu uma grande quantia a Brouchkov pela bactéria.
 
Minha pele é tão macia quanto à de um bebê”, disse ela. “Você não pode realmente vê-la nas fotos, mas se você me vir pessoalmente, perceberá que não há marcas ou defeitos.”
 
Ela acrescentou também: “Neste verão, tivemos grandes mudanças de temperatura e normalmente fico resfriada. Não fiquei desta vez. Não posso provar que é porque eu tenho injetado essa bactéria. Poderia ser por outro motivo, mas acredito que são os efeitos do uso da bactéria em mim mesma”.
 
Manoush fez exames de sangue antes de começar a injetar Bacillus F em 22 de julho, para que pudesse ser analisada a reação quando o corpo diferente tivesse contato com o seu organismo.
 
A amostra foi dada a ela pelo médico Anatoli Brouchkov, chefe do Departamento de Geocriologia da Universidade Estadual de Moscou, em uma reunião em Londres.
 
Como o procedimento é experimental, nenhum médico a injetaria em si próprio, pois provavelmente perderia sua licença. Em vez disso, ela realizou o procedimento com amigos e um médico local para apoio em caso de emergência.
 
Manoush, que apareceu em filmes de terror como Cannibal e Seed 2, disse: “Acho que Dr. Brouchkov também está tomando isso há anos porque ele tem uma pele fabulosa. Ele está me fazendo um grande favor, ele está fazendo um favor à ciência. Estou feliz em fazer parte disso.
 
Eu quero morrer em um corpo totalmente funcional e se isso ajudar, então, tudo valeria a pena”.
 
Sem reação adversa durante a injeção inicial, ela foi aplicando a dose a cada duas semanas e espera aumentar a dose e a frequência em breve.
 

Pub


alegre (13) amor (163) Casamento (6) confições (198) destaque (180) divórcio (17) drama (12) elas (40) Ele (29) eles (38) familia (82) filhos (30) História (28) Mulher (19) Pedrógão Grande (6) Portugal (11) Relação (5) Repórter de memórias (3) Traição (10) triste (11) Viagem (10) viagens (41) vida (61)