O telefone nunca tocou, porquê?

Depois de duzentas expectativas ainda acreditei ser possível ouvir uma palavra. Mas, onde anda essa palavra...

Foto: Wallpaper Abyss - Alpha Coders

Era possível ser uma palavra simples, uma frase com poucas letras, um texto minúsculo. Mas não não ouve palavras...

Acreditava que a voz de alguém seria o suficiente para elevar a saudade, o amor, a amizade. Mas não, não ouve palavras.

Parecia que anos se viraram em dias, que o silêncio tinha reinado e maltratado o barulho que outrora transbordava de felicidade. Mas não, não ouve palavras.

Meses se passaram, com distâncias em que só a voz curava, mas não, não ouve palavras.

Mesmo no último minuto, na última possível hora, as palavras continuaram a não passar da escrita, mas não não ouve palavras.

Tentei, duzentas expectativas para ouvir uma voz que resolvia tudo, de ouvir um barulho que amava, mas infelizmente não, não ouve palavras.

De mim, sempre existiram palavras, sem medo, sem medo de mostrar a voz, sem medo de ouvir um não. De mim podias esperar tudo, o tudo nessa altura era......tua voz.

Escrito por Sérgio Lemos Figueiredo.
O telefone nunca tocou, porquê? O telefone nunca tocou, porquê? Reviewed by Aconteceu na minha VIDA on 00:51:00 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.